terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Trust

De tudo que ainda há pra perder,
confiança é a que mais dói ver se desfazer,
como castelo de areia destruído pela maré,
pode tentar re-erguer mas não é só uma questão de querer,

Traição é como bala perdida não há como prever,
a queda é eminente e não há onde amortecer,
os olhos nem sempre mostram o devemos ver,
o erro tá em ser humano e não há muito a fazer,

É nessa hora que sabe bem dizer as verdades no dia das mentiras,
e se alguém se chatear é só lembrar o nome do dia,
respiramos egoísmo e bombeamos sangue individualista,
não transpiramos transparência o suficiente pra sermos realistas,

A sinceridade diz que o problema não sou eu mas és tu,
a confiança é uma rocha super frágil e incomum,
rancor é corrosivo e perdão não significa esquecer,
o perdão é pra nós, há pessoas por quem não vale a pena morrer...

Um comentário:

  1. Sem Palavras Mano..! & Emocionado Com A Cena, É Muita Truth Maninho

    ResponderExcluir